Tipline Investigation: Santa Barbara widow must prove 33-year marriage to receive husband’s …

MEIO ANO DE LUTA CONTRA A ADMINISTRAÇÃO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL. TUDO SE RESUME A UMA COISA. O GOVERNO RECUSOU-SE A RECONHECER SEU CASAMENTO, MESMO QUE ESTIVESSE FELIZMENTE CASADA COM O MESMO HOMEM HÁ 33 ANOS. ENTRAR NA CASA SANTA BARBARA DE DEBRA JOHNSON , E VOCÊ VERÁ FOTOS DE AMOR E UMA VIDA FELIZ COM SEU MARIDO ERROL. ERROL JOHNSON ERA BEM CONHECIDO EM SANTA BARBARA. COMO GERENTE DO RESTAURANTE PALACE POR 20 ANOS. ENTÃO, SUA MORTE EM 8 DE JUNHO DE 2019 SURPREENDEU A TODOS. “Em setembro do mesmo ano , solicitei o auxílio- viúva e o auxílio-morte.” MAS, ELA FOI NEGADA. A ADMINISTRAÇÃO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL DISSE QUE JOHNSON TINHA QUE FORNECER EVIDÊNCIAS DE SEU CASAMENTO DE 33 ANOS PARA ERRAR. “Eu trouxe uma licença de casamento da Jamaica, onde nos casamos em 85.” MAS, ELA DIZ QUE A PREVIDÊNCIA SOCIAL NÃO ACEITOU, PORQUE ERA UMA LICENÇA E NÃO UMA CERTIDÃO DE CASAMENTO. DEPOIS A S-S-A PEDIU DEZ ANOS DE DECLARAÇÃO DE IMPOSTOS, QUE MAIS TARDE NEGA POR E-LA. “Então eles me negaram, oficialmente negaram.” Escrevi ao Ministério na Jamaica. Eles não responderam, mas tinham acabado de passar por um furacão.” ELA ENTROU EM CONTATO COM A IMIGRAÇÃO DOS EUA PARA AJUDAR PORQUE ERROL ERA UM CIDADÃO NATURALIZADO. ISSO NÃO FUNCIONOU. ENTÃO, EM 29 DE JANEIRO DE 2020 – UM RAIO DE ESPERANÇA. SEUS 11 ANOS MERECEM REGISTROS TRIBUTÁRIOS. NO ENTANTO, NESSE MESMO LOTE DE CORREIOS, OUTRA CARTA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL DIZENDO: “Você está oficialmente negado, mas pode apelar.” ENTÃO, ELA APELOU EM MARÇO DE 2020, MAS FOI QUANDO O COVID FECHOU TUDO DOWN. “A primeira parte foi difícil porque eu tive que pular obstáculos e estava de luto, a morte do meu marido foi inesperada, então é um grande choque.” TEM QUE ESPERAR 13 MESES PARA RECEBER UMA AUDIÊNCIA DE RECURSO. FINALMENTE, EM JULHO DE 2021, MAIS DE DOIS ANOS APÓS A MORTE DE ERROL, UM JUIZ DETERMINOU QUE, SIM.. ELA ESTAVA CASADA COM O MARIDO HÁ 33 ANOS . . É um negócio feito. Eu terminei de qualquer maneira.” AGORA, MESMO COM A ORDEM DE UM JUIZ. NADA ACONTECEU. JOHNSON DIZ QUE LIGOU REPETIDAMENTE PARA A PREVIDÊNCIA SOCIAL E A CADA VEZ TINHA DESCULPAS DIFERENTES . “O centro de processamento de pagamentos, que tenho certeza que tem um nome melhor, não ligou. Não recebo a carta do juiz.” “Sua reclamação foi resolvida. Foi negado porque foi arquivado com o número errado.” ELA DIZ QUE UM REPRESENTANTE S-S-A MESMO DISSE A ELA PARA NÃO LIGAR MAIS, PORQUE QUANDO ELA FEZ. O RELÓGIO REINICIA . TENHO PASSADO PELO BUROCRÁTICO. “Sinto como se estivesse em uma casa de espelhos, uma casa de diversão, é assim que você chama? Onde eu vejo a saída e meio que vou para lá, mas é outro espelho.” ENTRAMOS EM CONTATO COM A PREVIDÊNCIA SOCIAL PARA SABER O QUE ESTAVA ACONTECENDO. NA MESMA HORA ELA RECEBEU UMA CARTA DE PRÊMIO E ALGUMAS SEMANAS DEPOIS ELA FINALMENTE RECEBEU O DINHEIRO . “33 meses de benefícios do Seguro Social do meu marido. Sim.” (C.J.) “Como se sente?” (DEBRA) “É gratificante. É bom saber que minha perseverança valeu a pena. Eu sabia que estava certo e só demorei muito tempo para provar isso e para eles reconhecerem.” SUA PERSEVERANÇA E GRIT FIZERAM ACONTECER. SEM DÚVIDA. LOUCO PARA RECEBER SEUS BENEFÍCIOS. UMA PORTA-VOZ DISSE QUE NÃO PODERIA COMENTAR CITANDO MOTIVOS DE PRIVACIDADE. TAMBÉM, SE VOCÊ ESTÁ SE PERGUNTA, A SSA NÃO PAGOU JUROS SOBRE O DINHEIRO QUE DEVE A ELA POR DOIS ANOS E MEIO . SHAWN QUIEN ESTÁ AQUI AGORA COM TEMPO…

4.8/5 - (168 votes)